top of page
Group-187.jpg

Blog

Confira nossas novidades, notícias do meio e muito mais

  • Foto do escritorRafael Oliveira

Transporte fretado e desafios no treinamento de motoristas


As operações da Buus têm um grande diferencial se comparadas com outras, sobretudo por pensarmos em todas as peças envolvidas na cadeia de transporte fretado. Ou seja, não adianta ter o melhor sistema ou software, a rota mais otimizada ou frota mais moderna se não investirmos na peça que inicia o dia de todos os colaboradores: o Motorista.


Nesse artigo contaremos sobre um dia de treinamento de condutores que apresentou algumas dificuldades, mas acabou virando um dos casos mais claros do impacto positivo de nossa metodologia.


O cenário do transporte fretado.


Como de costume, todas as operações de fretamento da Buus iniciam com o treinamento de condutores e, periodicamente, retornamos às operadoras de transporte para reforçar o conteúdo ou apresentar nossa plataforma para os motoristas recém contratados. Dessa forma, nossa equipe visitou uma operação em uma grande refinaria de petróleo na Baixada Fluminense, RJ, no entanto a recepção foi diferente do que imaginávamos.

Em geral, os motoristas de transporte fretado são muito bem humorados e dispostos a participar, principalmente quando estão em grupos, como ocorre em nossos encontros, mas dessa vez, em contraste com o usual, era possível sentir um clima mais triste, não havia conversas paralelas enquanto preparávamos a apresentação e o silêncio era marcante.

Iniciamos o treinamento mesmo sem a total entrega dos participantes e, durante as dinâmicas iniciais descobrimos o problema.


Falar é importante, mas ouvir pode ser muito mais.


Cada um dos participantes deve se apresentar, dizendo o nome, tempo de profissão e trabalhos anteriores com transporte fretado e, nesse momento, eles tiveram voz e expuseram o que os afligia. Descobrimos que nossa capacitação acontecia na mesma semana em que alguns colegas tinham sido desligados, o que justificava toda a comoção e preocupação da equipe.


Como lidar com o adverso e agir para que o descontentamento não atinja a operação?

Dá para imaginar o tamanho do desafio em falar para um público que tem medos e receios com importância muito maiores, naquele momento, que nossas propostas? Como contornar tudo isso sem ser indelicado ou demonstrando falta de empatia?

É comum que processos de desligamento e mudança de quadro de funcionários reflitam na moral da equipe [DFonte: HBR September 06, 2022], nutrindo sentimentos como indignação ou injustiça entre os colaboradores que continuam, além de afetar diretamente a cultura da empresa.


Neste processo alguns pontos são fundamentais para a manutenção satisfatória das atividades, mas nem sempre as empresas os conhecem ou colocam em prática, são eles:

  1. Comunicar com clareza e positividade.

  2. Demonstrar empatia pelos grupos impactados.

  3. Abordar as mudanças de forma eficaz .

  4. Coletar e responder feedbacks.

  5. Incentivar e acompanhar o engajamento dos funcionários.


Nesse momento faz toda a diferença a vivência de nossa equipe de “Sucesso do Motorista”, que é composta por profissionais do meio rodoviário. Nada melhor que mostrar que entendemos a tristeza, mas parabenizamos os presentes pelo trabalho que têm feito. E só com o trabalho bem feito conseguimos nos manter em boas oportunidades, seja no emprego ou em qualquer outro aspecto de nossas vidas. Além disso, a introdução de novos conceitos e tecnologias têm um papel transformador se entendermos que o conhecimento e a moral dos indivíduos estão diretamente ligados.


Essa injeção de ânimo mudou por completo o astral dos envolvidos que, por algumas horas, se esqueceram dos problemas, participaram sorridentes de nossas dinâmicas e tornaram uma tarde, que tinha tudo para ser comum, em um momento de aprendizado e autoconhecimento tanto para os condutores quanto para nossa equipe.


O que move o transporte é a energia humana.


Como dissemos no início, veículos modernos, sistemas inteligentes e rotas perfeitas funcionam, mas se o motorista não estiver realmente envolvido e engajado no início da viagem, tudo pode desmoronar. Por isso nos preocupamos com a capacitação e manutenção da saúde mental e emocional daqueles que são peça fundamental em qualquer operação de transporte fretado.


Sua operação com a Buus é mais humana e gera muito mais sorrisos, venha conferir!


Aproveite e nos siga nas redes sociais

10 visualizações0 comentário

Yorumlar


Img-form-01.webp
Quantidade de Veículos

Todos os artigos

bottom of page